Algumas coisas que ninguém diz quando quer vender o seu dispositivo médico certificado.

0

Resumo: Se alguém lhe disser que seu aparelho é certificado como um Equipamento Médico, pergunte para quais Doenças está certificado – compreenda que é ilegal usar o dispositivo para tratar outros sintomas medicamente – aparelhos médicos nunca são certificados para funções gerais como “biofeedback”, apenas para doenças específicas.

Esperamos muito para a certificação, porque os benefícios são duvidosos para vocês usuários, mas muito lucrativo para nós, o produtor. Apesar de caro o primeiro a consegui-lo.

Por que?

Um dispositivo médico é, como sempre, só para um grupo muito restrito de doenças. Se você usar um dispositivo médico para qualquer doença fora deste grupo você está se responsabilizando. Por exemplo se você dá a impressão ao seu cliente que está usando uma terapia médica quando ele está vindo até você com uma doença para a qual este dispositivo pode ser eficaz, mas ainda não tem esta eficácia comprovada em estudos apropriados.

De nossa abordagem holística é muito duvidoso classificar os sintomas de uma pessoa em nome de uma só doença, mas exatamente isto é o que você tem que fazer se fizer testes clínicos e se quiser ter certeza que não está usando um dispositivo fora do quadro limitado para que foi certificada.

No entanto, tivemos que descobrir que a maioria dos médicos ignora este fato, mas por outro lado são influenciados pelo feitiço mágico do selo CE. Isso vai tão longe que nem sequer podem colocar um dispositivo em seu escritório que não tem este selo.

“MAS eles são tão ingênuos ao usar um dispositivo de Biofeedback, que tem um selo CE sobre qualquer doença que vem com alguém, acreditando que uma vez que o dispositivo seja aprovado como um dispositivo médico, cabe a eles decidir o que querem de nós para ela. NÃO, os dispositivos não estão aprovados para uso geral de uma função, se você o fizer arrisca sua licença”.

Essa tendência é reforçada pela maioria das empresas que tem um selo CE para os campos de aplicação muito limitados, mas dá a impressão aos seus clientes que este sinal os protege de qualquer responsabilidade. Nada poderia estar mais longe da verdade porque o caso é o oposto. Usando um dispositivo que está certificado como dispositivo médico precisa muito mais de seu consentimento para ser usado do que um que não é.

Um sistema como LIFE, por exemplo, é aprovado como um dispositivo médico para algum tipo de artrite da perna, que é tão exótico que eu já tenha esquecido o seu nome médico. Nenhum de seus usuários, nem mesmo já ouviu falar sobre esta doença para a qual foi aprovado, mas ingenuamente o usa em sua prática para qualquer doença que esteja listada no software.

Especialmente se você está nos Estados Unidos você abre portas a qualquer uma das muitas pessoas que ganham a vida processando os outros, ou na Alemanha, aqueles que lidam com”Abmahnvereine”. Portanto, se você precisa ganhar algum dinheiro extra você poderia ir para um praticante do LIFE e tratar de qualquer doença fictícia e, em seguida, você iria processá-lo porque ele usou seu dispositivo fora da doença para a qual a sua eficácia foi comprovada.

Outros, como os usuários SCIO estão ainda menos em contato com a realidade jurídica. Quando você lê sobre SCIO ou o seu antecessor QXCI, você sempre vai ouvir o nome EPFX também, que é adicionado a qualquer frase em que estes são mencionados. Isso é feito porque o EPFX o avô de tudo, há 20 anos, recebeu uma aprovação falsa do FDA como dispositivo de biofeedback. Claro que a aprovação do biofeedback também se baseou em apenas uma ou duas doenças. Mesmo os EPFX, hoje, não poderiam ser usados em qualquer doença, na sua função de biofeedback, porque ele não está na primeira linha “como você usa um dispositivo”, mas ” para que usá-lo” que torna legalmente um dispositivo médico ou o coloca fora do domínio para o qual foi aprovado como tal.

A comunidade QXCI é tão ingênua que eles pensam em mudar o nome do remédio por qualquer má impressão que recebam enquanto mantêm os benefícios que seus avós ou bisavós receberam. Se você não sabe o QXCI não é o SCIO mais, agora é o INDIGO.

Como você provavelmente sabe, Kiran tem uma má impressão entre os seus concorrentes, porque ele não joga estes jogos que se baseiam apenas na cobiça. Eu quero que você esteja seguro no que você estiver fazendo e eu quero ajudar muita gente com uma tecnologia que é mantida fora da corrente principal, por forças que querem ganhar dinheiro de qualquer forma.

Como apresentar seu trabalho de uma forma que é legalmente aceitável?

Nós poderíamos ter salvado dezenas de milhares de dólares se tivéssemos apenas uma tentativa de obter uma certificação para apenas uma doença exótica, mas o Health Navigator é certificado com base em mais de 20 estudos para as 3 seguintes indicações muito amplas:

1. Terapia da dor

2. Cicatrização/ Cura de ferimentos

3. Depressão

Nós tivemos sorte de receber 3 indicações tão comuns certificadas, MAS se alguém chega até você com uma das outras 9997 doenças do IDC (Catálogo International de Classificação de Doença)? Se você tratá-lo dando-lhe a impressão de que você faz um tratamento médico, ele pode processá-lo, embora ele certamente não tenha qualquer agravamento de seus sintomas resultantes do tratamento, mas simplesmente pelo fato de que você representou mal o seu trabalho e suas ferramentas .

Portanto POR FAVOR, POR FAVOR ouvir o seguinte: Que apesar do fato de você ter agora um dispositivo médico aprovado, se alguém chega até você com uma outra doença de um dos 3 itens acima tem as 3 seguintes opções.

1. Enviá-lo para casa e dizer que você não pode fazer nada por ele.

2. Diga a ele que tem que segurar estes eletrodos, mas o formigamento que ele vai sentir só é válido para educação ou entretenimento e, certamente, você concordará com a maioria da comunidade científica que as correntes de voltagem e amperagem tão mínimas, não podem ter efeitos fisiológicos nem para o melhor e nem para o pior, então certamente você não irá diagnosticar, curar ou prevenir doenças com elas … mas pode ser divertido ou educar.

3. Você diz para a pessoa que no seu sistema de crenças, toda a dor quer lembrá-lo sobre uma mensagem espiritual que você esqueceu, e que você está fazendo um ritual espiritual, quando ligar os eletrodos e formigar a mensagem para fora do subconsciente, o que é importante para ele estar ciente.

Para mim a terceira opção foi e é a melhor e mais elegante forma de representar o nosso trabalho como terapeutas holísticos, e está mais perto da verdade. Ao mesmo tempo, não entra em conflito legal com um sistema médico/jurídico disfuncional e corrupto.

Mas mesmo dentro deste cenário usando o CoRe System como um dispositivo espiritual, não vá tão longe dizendo que você está praticando “cura espiritual”, porque qualquer tipo de cura está sob o monopólio do estabelecimento médico.

“O que você está fazendo é dando impulsos espirituais, e se o cliente apresentar melhoras depois de uma visita com você e com a utilização do Health Navigator, não seja ingênuo de confirmar que foi um resultado da sua intervenção, o que um cliente pode grato pode querer que você confirme. NÃO que a melhora dele e muitos outros, antes ou depois dele, seja uma coincidência que não tenha relação com o que você fez”.

Muitas pessoas vão ver através do absurdo deste argumento, especialmente se você falar tão claramente.

“Entretanto mais uma vez e em um nível mais profundo, este forçado ajustamento de raciocínio nos aponta a direção certa, como João de Deus diz: “Não sou eu quem cura, quem cura é somente Deus” e ele não diz isso porque ele tem medo do FDA … .. então porque você não faz o mesmo …. E este argumento fará de você um terapeuta ainda melhor”.

Share.

About Author

Inergetix, Inc. founder and chief scientist.

Comments are closed.