A natureza e a função da crise de cura

0

Eu conheco o conceito de uma crise de cura há 30 anos, mas eu nunca pensei na razão porque o cliente deveria primeiro tornar-se pior antes de ficar melhor quando voce dar o remédio certo.

Apenas agora eu observei um amigo próximo que teve mudanças muito difíceis em seu relacionamento e, ao mesmo tempo, ele continuou com a sua calma habitual e sorriso, dizendo a todos que tudo está bem e é realmente uma bênção que aconteceu. Ao mesmo tempo, ele começou a ter todos os tipos de perturbações físicas.

Ele entende que isso pode ser resultado do estresse que a separação do relacionamento estava o infligindo, mas ele não considera que foi um resultado da maneira como ele

Há uma boa porcentagem de pessoas que ficam muito facilmente histéricas até mesmo por pequenas causas, este post não é sobre eles, eles têm sua própria maneira como o corpo tenta compensar. Este post é sobre as muitas pessoas que tentam manter a calma e não importa o que, elas irao suprimir o comportamento explosivo a todo custo.

Este tipo de pessoas é geralmente colocando exigências muito altas em si, para ser o melhor no que estão fazendo e para corresponder a todas as demandas que a sociedade ou a família os coloca, não permitindo o fracasso.

Essas pessoas são como uma corda apertada em um instrumento e cada nova demanda e decepção eles absorvem ficando mais tensos. Muitos deles fazem exercícios físicos exaustivos, o que pode ajudar um pouco para liberar, mas se o estresse emocional está em primeiro lugar, os exercícios físicos não podem realmente aliviar essa tensão.

Eventualmente, esta incapacidade de “soltar o vapor” vai levar a sintomas físicos que estão em conformidade com um tipo específico. Porque eles constantemente vivem em um alto nível de tensão, às vezes, quando o estresse ultrapassa um nível tolerável, eles começam a tremer ou até mesmo ter epilepsia, que são os sinais mais importantes, assim como em uma corda apertada.

Parkinson e doenças relacionadas que também mostram muitos tremores, incapacidade de segurar a mão parada e escrever corretamente é o resultado de uma vida de “alta tensão” que não iria permitir momentos de “deixar as coisas acontecerem mostrando fraquezas” e fingir que tudo está bem ou elas ficarão bem no final.

Principalmente sintomas intensos vêm para este tipo de pacientes (eles simplesmente tinham muita paciência até então) de uma forma súbita e inesperada. Eles vão dizer: “Eu era saudável toda a minha vida e agora eu tenho colapso total” de nervos, fadiga crônica, ataque cardíaco ou câncer. Eles eram tão bons em não mostrar qualquer sinal de tensão crescente por tanto tempo. Também a maioria tem pressão arterial elevada, um amigo que sempre assinou este e-mail com “A vida é tão linda” foi apenas esta semana posto em hospital com um derrame cerebral e não é capaz de reconhecer mais as pessoas.

Considerando esse fenômeno eu entendi pela primeira vez o fenômeno da “crise de cura” que tenho observado inúmeras vezes, mas nunca tinha entendido. Após o remédio certo ser administrado os sintomas ficam extremamente piores até então desaparecerem. Ninguém me explicou por que a natureza iria fazer um desvio tão doloroso.

Hoje eu tenho a resposta, uma crise de cura é a maneira da natureza para criar um RESET, o que significa que a dor e os sintomas pioram tanto que todo o pensamento pára, todas as memórias são queimados em uma tempestade de desespero e dor. É como se um raio atingisse uma rede elétrica fazendo com que todos os computadores conectados RESETEM.

Isto não é um precursor da cura efetiva, mas esta é a principal causa da cura em si. A doença é, em termos de medicina informacional um programa de um programa que deu errado e como em todos os computadores o RESET é o remédio mais universal.

Nossa cultura tem o conceito equivocado que tais processos violentos de RESET são inúteis ou mesmo perigosos. Como consequência os médicos prescrevem sedativos, estabilizadores de humor e amigos não param de dizer ao paciente “não se preocupe, não chore, tudo ficará bem.” Todos os mecanismos para evitar o colapso que é necessário para o RESET de cura e “agravamento inicial”.

Você pode fazer RESETs intencionais como caminar sobre o fogo,  jejuar, ou ir para o deserto por 40 dias, ser atravessado por centenas de agulhas de um acupunturista ou seguir uma dieta extrema por algum tempo. Remédios homeopáticos adequadamente escolhidos podem agravar os sintomas rapidamente a um nível tão intenso que o RESET é causado pela intensidade dos sintomas, o que, em seguida, é chamado de uma crise de cura, mas na verdade deve ser chamado um RESET.

RESET muitas vezes é um mecanismo que transforma o sistema para a outra polaridade momentaneamente, por exemplo, pessoas que sempre precisam fingir que eles estão felizes para fazê-los sentir uma tristeza e desespero profundos. Esta é a nossa natureza humana de ser Bi-polar e a negação de um polo por muito tempo vai causar doenças se não forem evitada por um RESET.

Entretanto, podemos agora compreender que muitas pessoas tornam esse RESET difícil ou mesmo impossível, continuando a dizer a si mesmos e ao redor que “tudo está bem”, “no final tudo vai ficar bem”, “Deus vai protegê-los”, “Eu tenho nada a temer ” etc … as boas palavras habituais à beira do leito.

Mas realmente medo e terror sao grandes agentes para o RESET, xamãs sabiam disso e eles iriam fazer de tudo para assustar as pessoas que eles queriam curar ou eles as intoxicam com as drogas que a fazem vomitar e sentirem terríveis.

Pelo menos o que podemos fazer para ajudar as pessoas que estão extremamente estressados por sua tendência de que eles sempre precisam manter a calma e que acreditam que os extremos de comportamento só podem prejudicar, mas nunca ser um benefício que eles deveriam tentar gritar,  bater em sacos de areia e chorar até que estejam esgotados – pois esta é a maneira de RESET.

Eu iria mais longe e dizer que todas as pessoas que têm a tendência de sempre ficar razoáveis, calmas, moderadas precisam muitas vezes de ser levado às portas da morte antes que eles possam deixar ir e ter a experiência de RESET que vai mudar as coisas.

Com essa compreensão podemos perceber que muitas vezes nós causaremos um monte de danos, dando consolo para as pessoas em perigo, vamos prolongar o sofrimento e aumentar a ilusão de que nada de ruim pode possivelmente acontecer. Na verdade a maioria de nós faz isso toda a nossa vida – evitando os RESETs dos hábitos de vida que podem mudar as coisas antes que seja tarde demais.

Vamos fundo na dor e na tristeza – vamos entender que não existe apenas “luz” e felicidade – seja louco e chore sem fim, antes que seja tarde demais.

YouTube Preview Image

 

Share.

About Author

Inergetix, Inc. founder and chief scientist.

Comments are closed.